08/03/2008

E porque hoje é 08/03...

Dia Internacional da Mulher

Quis o fado do destino que,
Um dia em tempos passados,
Nossos caminhos se cruzassem,
Na encruzilhada da vida.
Bendita sejas tu que me encontraste,
Perdido no tempo ou talvez mesmo na vida,
Bendita sejas Mulher, meu amor e paixão,
Tu és a razão da plenitude de meu ser.
Mulher e mãe, só tu sabes amar sem limites,
Teus filhos que carregaste em teu ventre,
E hoje ainda sempre pronta a dar-lhe a mão.
Bendita sejas tu Mulher que amas,
Bendita Mulher que na dor ainda sorris,
Bendita sejas tu que não limitas o Amor.
Tu és Mãe, és Esposa, Tu és Mulher,
Tu és nosso Amor, nossa Paixão ardente,
Sei que todo o tempo da eternidade,
Não chegava para te dizer todas as,
Palavras que ficaram por dizer um dia,
Outras muito mais que irão ficar,
Palavras bem ou mal construídas em frases,
Frases de Amor, de Adoração, de Paixão.
Deixam-me gritar aos ventos meu amor,
Mulher, Mãe e Esposa.

Alberto Correia/08

Não sou escritor nem poeta, mas as palavras são sentimentos da razão que saem do coração, umas vezes compreendidas, outras incompreendidas.

1 comentário:

rosaria disse...

Grande homenagem a todas as mulheres, mães e esposas.

Para quem diz que não é poeta.... escreve muito bem.
Os meus sinceros parabéns e muito obrigada pela homenagem.