22/10/2016

Teresa de Ourém - Lenda

Nasceu no Zambujal, por volta do ano 1220, séc. XIII, no reinado de D. Afonso III. Cedo, foi trabalhar como doméstica para o prior de Vila Nova de Ourém. Notabilizou-se pela sua extrema caridade, em contraposição com a extrema avareza do prior que servia. Pois sabia que era uma virtuosíssima Tareja, nascida no lugar do Zambujal, desta freguesia, ai pelos anos de 1220. Este povo atribuía-lhe muitos milagres em vida, e não menos depois de morta. Ainda aqui é conservado, como relíquia, o casco da cabeça desta beata, que era todos os anos exposto à veneração, no dia 3 de Setembro. Diz a tradição que, sendo proibido o culto desta relíquia, manda retirar do altar por um bispo que viera de visita à collegiada, em virtude de não ter havido canonização, fora este logo atacado de fortíssimas dores de cabeça que só lhe passavam depois de revogar a sua ordem. Na torre, ao sul, que dá entrada para o recinto, mandou o prior da freguesia de Santa Maria (D. João) construiu uma casinha para sua criada – a beata Teresa – se entregar, num completo recolhimento, ás suas ordens e penitências. (No zambujal terá nascido Santa Teresa de Ourém, a qual terá falecido em Ourém, em 1266). "Junta de Freguesia da Atouguia"

Sem comentários: